1 2 3 4

6 de setembro de 2013

Correspondências não lidas no amor


 Amizade colorida pelo menos eram o que diziam as boas línguas sobre eu e o Théo.Somos melhores amigos,sabe aquela amizade que causa inveja ? Com a gente é assim.O Théo é a pessoa mais fofa que conheço,o único que atura minhas desilusões amorosas,minha TPM sempre sabe ser carinhoso e compreensivo e tem a palavra certa sempre.Mas um dia desses tava todo estranho comigo, nem passou lá em casa pra irmos ao colégio,nem guardou meu lugar na terceira fileira da sala em frente ao ventilador sendo que isso é sagrado,acabei sentando no fundo com a turma dos bagunceiros. 
 O Théo passou duas semanas assim,falava bem pouco comigo,até que tomei uma atitude e resolvi o chamar pra ter um papo sério,mas nossa conversa foi um dos maiores sustos da minha vida.Ele segurou minha mão tremendo,olhou-me profundamente e pediu desculpas pelo afastamento,mas ai começou a desabafar, "Eu me sinto envergonhado em ter que te dizer isso,eu não queria que isso acontecesse,mas não pude evitar mesmo sabendo que nossa amizade nunca mais será a mesma".Eu realmente fiquei assustada e desesperada já imaginava que o Théo iria mudar de cidade ou estava namorando mas isso não é nenhum problema pra mim,mas deixei ele prosseguir "Você não imagina o quanto é especial pra mim,o quanto confio em ti,mas aos poucos fui vendo que o carinho que tinha por você já não era mais de amizade,eu te olho e só tenho vontade de sentir o calor do teu abraço,o gosto do seu beijo.Eu te amo muito.Aquelas palavras me desestruturam não sabia o que dizer,nem o que pensar apenas pedir pra ele ir com calma,pra não estragar nossa amizade.
 Por mais fofo que o Théo fosse era apenas meu melhor amigo,ele é lindo e atraente mas não sinto nada por ele,só consigo o ver como um bom amigo.Passaram-se dois meses até que ele me avisa que vai se mudar para a casa dos avós no interior,fiquei na maior depressão quando soube,não acreditei que não ia o ter mais por perto e foi ai que descobrir que sentia algo além de amizade por ele,como não percebi ? Não acredito que não enxerguei o que estava na minha frente.Pensei em correr para os braços dele mas não queria deixa-lo confuso afinal estava prestes a viajar.Mas como havia prometido fui me despedir no aeroporto,até que minha mãe me disse que "Nunca é tarde para amar" então tomei coragem e me declarei antes dele entrar naquele avião,disse que o amava e de repente vejo suas mãos em meus cabelos,e seus lábios em minha boca,nos beijamos e foi tão único e gostoso,parecia que tinha sido a primeira vez que havia beijado.
 Mas ele partiu com o gosto do meu gloss de uva,e eu com o seu perfume cítrico.E eu descobri que era ele que coloria meu arco-íris,que era o meu Romeu pena que eu não fui uma Julieta.Mas quem sabe um dia a gente não se encontra ? Nunca se esconda para o amor,seu príncipe pode estar na sua frente mas cabe a você ter que enxergar. Não repita nunca o meu erro.Nunca deixe de responder as cartas do seu coração.

OBS : Texto fictício e de minha autoria .
Beijos

8 comentários:

  1. Olá, passei apenas pra dizer que já estou te seguindo e voltarei aqui futuramente pra fazer comentários sobre os posts.
    Seu blog é maravilhoso, convido você e suas leitoras a conhecer meu blog
    http://toobege.blogspot.com.br/
    Beijinhos

    Quem seguir no insta, sigo de volta http://instagram.com/theworldofmari

    ResponderExcluir
  2. que texto lindo. É bom saber que histórias assim, mesmo que essa seja fictícia, acontecem de verdade.

    http://www.rayneon.com.br/

    ResponderExcluir
  3. que conto fofinho *-*
    parabéns pela iniciativa de escrever viu. Continue assim.

    http://www.viciodiario.com/

    ResponderExcluir
  4. Que lindo, você leva muito jeito para escrever fofa *-*

    ResponderExcluir
  5. Ooi <3 Ameeeei o texto,amor vocè escreve MUITO bem ,sempre vejo seus posts e acho o maximo ;D Beijos linda

    ResponderExcluir